a
Todos os direitos reservados 2022
Cardoso & Advogados Associados
.
CNPJ 24.723.912/0001-50

9:00 - 18:00

Abrimos de Segunda - Sexta.

(21) 3189-6625

Aguardamos pelo seu contato

Search
Menu

Petróleo avança com queda do dólar e à espera da reunião da Opep+

Cardoso Advogados Associados > Blog Cadv  > Artigos Jurídicos  > Legislação  > Petróleo avança com queda do dólar e à espera da reunião da Opep+

Petróleo avança com queda do dólar e à espera da reunião da Opep+

[ad_1]


Os futuros do petróleo Brent para março sobem 1,4%, a US$ 51,98 o barril, enquanto o WTI para fevereiro ganha 1,7%, a US$ 48,49 o barril Os preços do petróleo operam em alta nesta terça-feira (5) com a tensão em torno da apreensão de um navio sul-coreano pelo Irã e depois da notícia de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) estão estudando um possível corte de produção em fevereiro, segundo um documento. Nele (datado de 4 de janeiro), o grupo estuda um corte de 500 mil barris por dia na produção para fevereiro e três outros cenários que incluem produção estável ou aumento de 500 mil bpd.
O dólar em queda também dá apoio aos preços da commodity. Por volta das 9 horas desta terça, o índice do dólar DXY caía 0,30%, aos 89,622 pontos.

Os futuros do petróleo Brent para março sobem 1,4%, a US$ 51,98 o barril, enquanto o WTI para fevereiro ganha 1,7%, a US$ 48,49 o barril, alta de 42 centavos. Ambos caíram ontem com a falta de acordo da Opep+. O cartel volta a se reunir hoje.

A Arábia Saudita argumentou contra a extração de mais petróleo em função dos novos bloqueios, enquanto a Rússia liderou os pedidos por maior produção, citando a recuperação da demanda.

Pesando sobre o sentimento, o Reino Unido entrou em um novo ‘lockdown’ na segunda-feira, que durará até meados de fevereiro. Além disso, Irlanda e Alemanha também estão com bloqueios e o Japão deve anunciar, ainda nesta semana, estado de emergência em Tóquio e outras cidades.

[ad_2]

Source link

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.