a
Todos os direitos reservados 2022
Cardoso & Advogados Associados
.
CNPJ 24.723.912/0001-50

9:00 - 18:00

Abrimos de Segunda - Sexta.

(21) 3189-6625

Aguardamos pelo seu contato

Search
Menu

Seleção da Venezuela tem 12 casos de covid a um dia de jogo contra Brasil

Cardoso Advogados Associados > Covid  > Seleção da Venezuela tem 12 casos de covid a um dia de jogo contra Brasil

Seleção da Venezuela tem 12 casos de covid a um dia de jogo contra Brasil

As preocupações com a pandemia na Copa América ganharam um impulso neste sábado, 12, com a notícia de que a Seleção da Venezuela, que enfrenta o Brasil na estreia neste domingo, tem 12 membros da sua delegação testados positivos para covid-19, conforme informou a Secretaria de Saúde do Distrito Federal.

Em nota divulgada hoje, a pasta disse que foi notificada ontem à noite pela Conmebol sobre os casos de covid na delegação da Venezuela, incluindo jogadores e comissão técnica.

As dívidas tiram o seu sono e você não sabe por onde começar a se organizar? A EXAME Academy mostra o caminho 

“Todos estão assintomáticos, isolados em quartos individuais e seguem monitorados pela equipe da Conmebol e pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), da Secretaria de Saúde”, comunicou a Secretaria.

Diante dos casos de covid, a Conmebol retirou na última sexta-feira o limite de cinco substituições na lista final dos convocados das doze seleções envolvidas na competição. Com isso, as seleções poderão fazer a partir de agora trocas na lista final de jogadores, até mesmo no decorrer do campeonato, sem limites de mudanças, no caso de que algum jogador teste positivo para covid.

O jogo de abertura está marcado para amanhã às 18 horas, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Em meio a polêmicas

A competição, que estava prevista para ser realizada inicialmente na Colômbia e na Argentina, foi transferida para o Brasil de última hora em razão de, respectivamente, protestos em Bogotá e do agravamento da pandemia entre os argentinos.

A mudança, no entanto, ocorreu em meio a inúmeras críticas em relação à realização do torneio no país. Apesar de todas as partidas serem sem público nos estádios, muitos brasileiros se preocupam com as aglomerações que podem ocorrer em bares, restaurantes, ou mesmo nas ruas.

Na última pesquisa EXAME/IDEIA, realizada entre os dias 7 e 10 de junho, 61% dos brasileiros responderam que não concordam que o país realize a competição. Somam 24% aqueles que são favoráveis, e 16% não sabem. O levantamento ouviu 1.252 pessoas e tem uma margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.