a
Todos os direitos reservados 2022
Cardoso & Advogados Associados
.
CNPJ 24.723.912/0001-50

9:00 - 18:00

Abrimos de Segunda - Sexta.

(21) 3189-6625

Aguardamos pelo seu contato

Search
Menu

Wiz dispara 15% após BTG recomendar compra

Cardoso Advogados Associados > Covid  > Wiz dispara 15% após BTG recomendar compra

Wiz dispara 15% após BTG recomendar compra

As ações da seguradora Wiz (WIZS3), negociadas fora do Ibovespa, disparam 15% nesta quarta-feira, 23, indo para 16,08 reais, no maior patamar desde janeiro de 2020, após o BTG Pactual elevar a recomendação de neutra para compra.

O preço-alvo também foi revisado para cima, de 15,00 reais para 19,00 reais, implicando em um potencial de valorização de 18% frente ao patamar atual.

Quer saber quais as ações mais promissoras da bolsa? Aprenda a identificá-las na Jornada do Investidor Independente

A revisão ocorre após o banco incoporar aos números da companhia a sua parceria com o Banco de Brasília (BRB) em venda de seguros, que deve representar 35% a 40% do lucro da empresa em 2022 e 2023, aponta o relatório do BTG assinado pelo analista Eduardo Rosman.

No acordo, a Wiz investirá cerca de 585 milhões de reais para ter 50,1% das ações da joint venture com o BRB, que será responsável pela comercialização de produtos de seguros nos canais do banco por 20 anos.

A expectativa é que a joint venture seja consolidada aos resultados da Wiz até o quarto trimestre, aumentando o lucro por ação da companhia em 20% e 27% em 2022 e 2023,  respectivamente, comentou o analista. “Só a joint venture adiciona 4,00 reais por ação ao nosso preço-alvo para a Wiz”, disse.

Para a leitura, Rosman destaca positivamente ainda outra iniciativa da empresa com a Inter Seguros, na qual a companhia tem uma participação de 20% no capital. No ano, os papéis da Wiz acumulam alta de 115%.