a
Todos os direitos reservados 2022
Cardoso & Advogados Associados
.
CNPJ 24.723.912/0001-50

9:00 - 18:00

Abrimos de Segunda - Sexta.

(21) 3189-6625

Aguardamos pelo seu contato

Search
Menu

Alon Feuerwerker: terceira dose é um tiro no escuro, segundo OMS

Cardoso Advogados Associados > Covid  > Alon Feuerwerker: terceira dose é um tiro no escuro, segundo OMS

Alon Feuerwerker: terceira dose é um tiro no escuro, segundo OMS

Por Alon Feuerwerker*

A polêmica do momento em torno das vacinas contra a covid-19 é sobre aplicar ou não a terceira dose, ou dose de reforço, diante do repique de casos e mortes provocado, segundo se acredita, pelas novas variantes.

O Brasil decidiu fazer (leia). Já a Organização Mundial da Saúde (OMS) diz não haver comprovação científica para a medida (leia) e, além do mais, defende que os estoques de vacinas excedentes deveriam ser direcionados para países pobres, cuja imunização anda bem atrasada.

Enquanto cada país escolhe o seu caminho, é relevante notar que o “soft power” da OMS vai se enfraquecendo, conforme as necessidades da vida vão se impondo. Mesmo que sejam as necessidades da vida política.

Pois até países que saíram na frente e aplicaram maciçamente vacinas ocidentais propaladas como mais eficazes, por exemplo, Estados Unidos e Israel, enfrentam realidades crescentemente complicadas.

Situações em que governos são pressionados a tomar medidas mesmo sem saber direito se elas vão funcionar.

*Alon Feuerwerker é analista político da FSB Comunicação

**Este é um conteúdo da Bússola, parceria entre a FSB Comunicação e a EXAME. O texto não reflete necessariamente a opinião da EXAME.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube