a
Todos os direitos reservados 2022
Cardoso & Advogados Associados
.
CNPJ 24.723.912/0001-50

9:00 - 18:00

Abrimos de Segunda - Sexta.

(21) 3189-6625

Aguardamos pelo seu contato

Search
Menu

Alta do ether em relação ao bitcoin e o apetite dos investidores de risco

Cardoso Advogados Associados > Covid  > Alta do ether em relação ao bitcoin e o apetite dos investidores de risco

Alta do ether em relação ao bitcoin e o apetite dos investidores de risco

Os investidores de criptomoedas deixaram a cautela pra trás, como evidenciado pela recente alta do ether em relação ao bitcoin, e a tendência é que esse movimento continue.

“A razão ETH/BTC demonstra uma arrancada otimista, e há um sinal de que o mercado está assumindo riscos, quando criptomoedas alternativas tendem a superar a performance do bitcoin”, disse Katie Stockton, fundadora da Fairlead Strategies.

Alguns investidores de cripto enxergam o bitcoin e as stablecoins como um porto seguro dentro do mercado de criptomoedas – um lugar para recorrer em tempos de estresse no mercado, como aconteceu com o iene japonês, o franco suíço, ou o tesouro americano em mercados tradicionais. Apesar de tudo, o bitcoin é a maior criptomoeda em valor de mercado e o mercado com mais liquidez no mundo dos ativos digitais, junto de stablecoins, como o tether.

Enquanto isso, o ether e criptoativos alternativos são vistos como apostas relativamente mais arriscadas, de forma similar aos ativos sensíveis como bronze, mercados de ações e o dólar australiano.

Portanto, se a performance do ether continuar superior a do bitcoin, isso poderia gerar um maior apetite pelo risco no mercado de criptoativos, assim como foi no passado e nas últimas semanas.

  • Invista em bitcoin com apoio dos assessores do maior banco de investimentos da América Latina

Por exemplo, o bitcoin teve uma alta de 12% em seu preço na última semana, mas sua performance foi inferior à de praticamente todos os subsetores de criptomoedas, incluindo os NFTs e tokens Web 3.0. No mesmo intervalo de tempo, o par ETH/BTC cresceu 3%. Uma ação similar foi vista de meados de abril à meados de maio.

<span class="hidden">-</span>TradingView/Reprodução

Na quinta-feira, 5, em um forte movimento de alta, uma unidade de ether chegou a valer 0,073 BTC, confirmando o rompimento do triângulo descendente no gráfico diário indicado acima.

A alta indica que a consolidação acabou, e que a força compradora de março voltou.

“A relação entre o par ETH/BTC saiu de uma consolidação de dois meses, por conta do último movimento do ether”, definiu Damanick Dantes em análise técnica. “É um padrão otimista de continuação. A próxima resistência é vista perto de 0,08 BTC”.

Em outras palavras, o ether e outras altcoins podem continuar ofuscando o brilho do bitcoin no curto prazo. A análise técnica combina bem com a narrativa de que o mercado de criptoativos está evoluindo, e que investidores estão começando a deixar o bitcoin para trás em uma busca direta por investimentos em outros subsetores da indústria.

  • Quer aprender a investir melhor? Inscreva-se no curso Manual do Investidor da EXAME Academy

O caminho de menor resistência para o par ETH/BTC parece estar no lado superior, indicando que o movimento de alta do ether em relação ao bitcoin terá continuidade, principalmente por conta da última atualização na rede Ethereum, a London, implementada na última quinta-feira, 4 de agosto.

“A noção de que o ether irá se tornar uma criptomoeda deflacionária no futuro já é tangível, e os efeitos da valorização da Ethereum podem ser profundos”, afirmou Martin Gaspar, analista de pesquisa na CrossTower.

Com a implementação do hard fork, a rede Ethereum agora queima uma parte das taxas pagas aos mineradores, assim causando uma redução na oferta disponível da criptomoeda no mercado. Por exemplo, o blockchain já queimou ou destruiu mais de 5 mil unidades de ether desde que a atualização começou a funcionar, neutralizando por volta de 40% das mais de 12 mil moedas mineradas durante o período.

“O ether tem chances de se tornar a criptomoeda preferida de Wall Street e pode enfrentar uma resistência na faixa dos 3 mil dólares”, afirmou Edward Moya, analista de mercado sênior na Oanda, em um e-mail na sexta-feira, 6. No momento, o criptoativo já alcançou a marca de 3.200 dólares e luta para se manter acima da faixa dos 3 mil dólares.

Texto traduzido e republicado com autorização da Coindesk