a
Todos os direitos reservados 2022
Cardoso & Advogados Associados
.
CNPJ 24.723.912/0001-50

9:00 - 18:00

Abrimos de Segunda - Sexta.

(21) 3189-6625

Aguardamos pelo seu contato

Search
Menu

Brasileiras favoritas no skate street, oitavas do surfe com Medina e Ítalo

Cardoso Advogados Associados > Covid  > Brasileiras favoritas no skate street, oitavas do surfe com Medina e Ítalo

Brasileiras favoritas no skate street, oitavas do surfe com Medina e Ítalo

O skate street, modalidade que faz a sua estreia em Olimpíadas, é o destaque para o Brasil no terceiro dia (pós-cerimônia de abertura) dos Jogos de Tóquio. As disputas começam na noite de domingo, 25 de julho, e só acabam na manhã de segunda-feira, 26.

Três atletas do país, Letícia Bufoni, Pâmela Rosa e Rayssa Leal, estão entre as favoritas da competição feminina. A fase de classificação começa às 20h30, enquanto as finais serão disputadas a partir da 0h25 de segunda-feira.

O Brazilian Storm, nome dado ao protagonismo dos brasileiros no cenário mundial do surfe, é outro destaque da noite e madrugada no Japão. Gabriel Medina, Ítalo Ferreira, Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima disputam as oitavas-de-final do torneio de surfe, que faz sua estreia em Olimpíadas. As baterias começam a partir das 19h (horário de Brasília).

Silvana Lima enfrenta a portuguesa Teresa Bonvalot às 22h; logo em seguida, às 22h36, será a vez de Tatiana Weston-Webb enfrentar a japonesa Amuro Tsuzuki.

No masculino, Medina enfrenta o australiano Julian Wilson à 1h36 da madrugada de segunda; às 2h12, será a vez de Ítalo ter como adversário o neozelandês Billy Stairmand.

A noite de domingo ainda reserva duas finais da natação, dos 100m borboleta feminino (às 22h30) e do revezamento 4 x 100m livre masculino (à 0h05 da segunda-feira) — as provas eliminatórias começam a partir das 22h30.

A equipe brasileira formada por Breno Correia, Pedro Spajari, Gabriel Santos e Marcelo Chierighini participa da disputa por medalha no 4x100m livre com o quinto melhor tempo das eliminatórias.

No judô, é dia da disputa nas categorias até 57 kg feminino e até 73 kg masculino, a partir das 23h. O representante do país no dia será Eduardo Katsuhiro.

Veja a seguir os resumo do que houve de mais importante no domingo:

O Brasil conquistou as primeiras medalhas nos Jogos Olímpicos de Tóquio neste domingo, dia 25. A estreia nos pódios aconteceu ainda durante a madrugada, com a prata de Kelvin Hoefler no skate street masculino, e teve sequência com o bronze do judoca Daniel Cargnin na categoria peso-meio-leve (até 66 kg).

No skate, esporte que foi incluído na programação olímpica pela primeira vez, a prata foi conquistada na prova de street. Hoefler chegou a liderar a final da competição, mas acabou ultrapassado pelo adversário japonês Yuto Horigome, que levou a medalha de ouro na disputa em casa. A medalha de bronze ficou com o norte-americano Jagger Eaton.

  • As dívidas tiram o seu sono e você não sabe por onde começar a se organizar? A EXAME Academy mostra o caminho 

“Essa medalha é um ganho para o skate de todo o Brasil, pelo que nós atletas viemos trabalhando. Essa medalha não é só minha, é de todos os skatistas do Brasil e de toda a galera que torce por nós”, disse Hoefler.

Já no judô, Cargnin derrotou o israelense Baruch Shmailov e levou o bronze. O judoca de 23 anos, estreante em Olimpíadas, perdeu na semifinal para o japonês bicampeão mundial Abe Hifume, que acabou levando o ouro na disputa em casa, vencendo na final Vazha Margvelashvili, da Geórgia. A outra medalha de bronze foi para Baul An, da Coreia do Sul.

Ginástica feminina pode trazer novas medalhas

Rebeca Andrade, ginasta brasileira de 22 anos, fez a apresentação de solo ao som do funk “Baile de Favela”. A música de MC João foi trilha sonora da classificação de Andrade para os Jogos de Tóquio durante Campeonato Pan-Americano, onde foi medalha de ouro.

Na última quinta-feira (22), Andrade havia treinado e mostrado aos juízes olímpicos o que traria ao solo na apresentação oficial. A ginasta se classificou em segundo para o individual geral, atrás só da americana Simone Biles, considerada favorita no esporte. As finais acontecem na próxima semana.

Flavia Saraiva, ginasta que também representava o Brasil, se machucou durante a apresentação do solo e conseguiu uma classificação para a final na trave.

Olimpíadas: o que acompanhar hoje

O Brasil será representado por 301 atletas em 35 modalidades, sua maior delegação em uma edição de Jogos realizado no exterior. Confira os dez atletas com mais chances de medalha. 

Veja abaixo a programação das próximas disputas:

Segunda (26)

  • 00h05: Vela Laser Masculino
  • 00h05: Vela RS:X Feminino
  • 00h40: Badminton Individual Feminino — Fabiana Silva x Marija Ulitina
  • 02h:00: Badminton Individual Masculino — Ygor Coelho x Georges Julien Paul
  • 03h00: Ciclismo Mountain Bike — Cross-country Masculino
  • 07h29: Natação — 200m borboleta Masculino
  • 07h54: Boxe Peso Pena Feminino
  • 08h32: Natação — 1500m livre Feminino
  • 09h45: Vôlei Masculino — Brasil x Argentina
  • 18h30: Triatlo Individual Feminino
  • 22h00: Tênis de Mesa Masculino
  • 23h00: Handebol Feminino — Brasil x Hungria
  • 23h35: Judô Feminino até 63kg — Ketleyn Quadros x Cergia David

(Com agências de notícias)

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.