a
Todos os direitos reservados 2022
Cardoso & Advogados Associados
.
CNPJ 24.723.912/0001-50

9:00 - 18:00

Abrimos de Segunda - Sexta.

(21) 3189-6625

Aguardamos pelo seu contato

Search
Menu

Hapvida e Intermédica fecham acordo para fusão de R$ 110 bi, diz site

Cardoso Advogados Associados > Covid  > Hapvida e Intermédica fecham acordo para fusão de R$ 110 bi, diz site

Hapvida e Intermédica fecham acordo para fusão de R$ 110 bi, diz site

A Hapvida e a NotreDame Intermédica concluíram um acordo para realizar uma fusão, de acordo com reportagem do Brazil Journal. A fusão deve criar uma companhia com valor de mercado de R$ 110 bilhões e se destaca como a maior no Brasil desde Itaú e Unibanco. Os rumores sobre a transação já circulavam desde o início de janeiro, com a publicação de uma nota na coluna do Lauro Jardim — que fez as ações dispararem, à época.

É hora de seguir investindo em ações de varejo/finanças/construção/educação? Monte a melhor estratégia com os especialistas da EXAME Invest Pro

Conforme antecipado em janeiro, os acionistas da Hapvida deverão ficar com 53,6% da nova empresa, enquanto os acionistas da Intermédica ficarão com 47,1%.

Segundo o Brazil Journal, a nova empresa deve contar com dois CEOs, os respectivos de cada companhia: Irlau Machado, da Intermédica, e Jorge Pinheiro, da Hapvida.

Ambas as empresas foram procuradas pela reportagem da EXAME. A NotreDame Intermédica afirmou que não comentm rumores de mercado e a Hapvida ainda não se pronunciou até à publicação desta reportagem. Nenhuma das empresas enviou comunicados à CVM a respeito do assunto.

A operação faz parte de um “sonho antigo”. “A junção das duas empresas é transformacional e impacta milhões de brasileiros. A complementariedade das empresas é impressionante, realmente única. Praticamente não há nenhuma sobreposição. Nada se encaixa com tanta perfeição”, disse o executivo à EXAME em janeiro.

A operação, caso formalizada, dá sequência a um processo de consolidação do setor no país. Recentemente, a Rede D’Or elevou a participação na Qualicorp a 15%,em uma compra que chegou a R$ 150 milhões.