a
Todos os direitos reservados 2022
Cardoso & Advogados Associados
.
CNPJ 24.723.912/0001-50

9:00 - 18:00

Abrimos de Segunda - Sexta.

(21) 3189-6625

Aguardamos pelo seu contato

Search
Menu

Hashdex e Victory Capital querem lançar o 1º ETF de criptomoedas dos EUA

Cardoso Advogados Associados > Covid  > Hashdex e Victory Capital querem lançar o 1º ETF de criptomoedas dos EUA

Hashdex e Victory Capital querem lançar o 1º ETF de criptomoedas dos EUA

A gestora brasileira Hashdex anunciou uma parceria com a Victory Capital, gestora norte-americana com mais de 150 bilhões de dólares em ativos sob sua gestão, para tentar aprovar o lançamento do primeiro ETF de criptoativos dos Estados Unidos.

Nesta quarta-feira, 4, as duas empresas anunciaram o envio da documentação à autoridade reguladora para valores mobiliários dos EUA, a SEC, em busca da aprovação para um ETF que pretende investir em oito criptoativos e acompanhar a performance do Nasdaq Crypto Indez (NCI), índice criado pela própria Hashdex em parceria com a bolsa de valores dos EUA, Nasdaq.

“A Victory é uma gigante do mercado americano, com mais de 150 bilhões de dólares sob gestão. Sabemos que o lançamento do produto é um grande passo para a Hashdex, mas temos o parceiro ideal e o conhecimento necessário para que esse desafio seja bem sucedido”, disse Marcelo Sampaio, CEO da Hashdex, em comunicado. “Acreditamos muito no investimento em criptoativos por meio de índices. Queremos oferecer essa metodologia eficiente para investidores no exterior”, diz.

Chamado Victory Hashdex Nasdaq Crypto Index Fund, o ETF pretende buscar exposição à bitcoin, ether, litecoin, link, bitcoin cash, uniswap, filecoin e stellar. É o primeiro pedido à SEC pela aprovação de um ETF que investe em uma cesta de criptoativos – até hoje, a autarquia tem na sua fila uma série de pedidos de ETFs de bitcoin e de ether.

  • Invista em bitcoin com apoio dos assessores do maior banco de investimentos da América Latina

Caso aprovado, será o primeiro ETF focado no mercado de criptoativos do país. A listagem de um produto deste tipo, aliás, é aguardado ansiosamente pela indústria cripto do mundo todo, já que o mercado de ETFs nos EUA é gigantesco e sua facilidade de acesso poderá elevar consideravelmente o número de investidores e o volume de dinheiro alocado em criptomoedas.

O anúncio do novo ETF é mais um passo da gestora brasileira no mercado internacional. Em julho, a empresa já havia divulgado o início da distribuição de fundos de investimento em criptoativos nos Estados Unidos em parceria com a Victory Capital. No Brasil, a gestora também tem novidades: nesta quinta-feira, 5, a B3 vai listar o segundo ETF da Hashdex, o BITH11, que investe seu patrimônio em bitcoin – o outro é o HASH11, semelhante ao que a empresa tentará lançar agora nos EUA. A Hashdex também já conseguiu aprovação para lançar o seu ETF 100% ether junto à CVM, e sua listagem deverá acontecer em breve – será o segundo do tipo no país.