a
Todos os direitos reservados 2022
Cardoso & Advogados Associados
.
CNPJ 24.723.912/0001-50

9:00 - 18:00

Abrimos de Segunda - Sexta.

(21) 3189-6625

Aguardamos pelo seu contato

Search
Menu

Nasa divulga 1º vídeo do robô Perseverance e mostra pouso arriscado em cratera de Marte

Cardoso Advogados Associados > Covid  > Nasa divulga 1º vídeo do robô Perseverance e mostra pouso arriscado em cratera de Marte

Nasa divulga 1º vídeo do robô Perseverance e mostra pouso arriscado em cratera de Marte


Veículo pousou na cratera de Jezero, região do planeta que já foi um lago há bilhões de anos. Chegada ocorreu sete meses depois de a missão ter partido da Terra. Nasa divulga vídeo de pouso do robô Perseverance em Marte
Cientistas da Nasa, a agência espacial americana, divulgaram nesta segunda-feira (22) o vídeo gravado pelo robô Perseverance durante o pouso em Marte no dia 18, no arriscado local conhecido como cratera de Jezero.
“Esta é a primeira vez que somos capazes de gravar um pouso em Marte como esse”, disse o diretor do Laboratório de propulsão a jato da Nasa, Michael Watkins.
No vídeo, é possível ver em detalhes como o robô realizou a delicada manobra de pouso durante os chamados “sete minutos de terror”: nesse intervalo de tempo, o veículo teve de reduzir a velocidade de 20 mil km/h para 0 km/h.
BURACO NEGRO: Astrônomos apresentam a 1ª imagem de um buraco negro já registrada
ECLIPSE TOTAL: Veja FOTOS do eclipse visto em dezembro na América do Sul
FOSFINA EM VÊNUS: Cientistas revisam descoberta e expectativa de achar vida diminui
Ainda na atmosfera marciana, é possível ver o robô abrir o paraquedas que o ajuda a perder velocidade de voo. Neste momento, o veículo está a apenas 11 km do solo.
Em seguida, o Perseverance se separa do escudo térmico que foi essencial para protegê-lo de temperaturas da atmosfera marciana de até 2.100°C.
Então, por um curto período de tempo o robô cai livremente. Neste momento, os retrofoguetes são acionados e três cordas de náilon e um “cordão umbilical” são lançados, por meio dos quais o Perseverance desce lentamente até o solo. A manobra foi chamada pelos cientistas de “sky crane” (guindaste no céu).
Logo após essa sucessão de eventos, as rodas do robô tocam o solo rochoso e avermelhado de Marte e o veículo se solta das cordas e do cordão do propulsor que o ajudaram a pousar.
Momento em que o robô Perseverance abre o paraquedas para diminuir a velocidade espacial e pousar em Marte.
Nasa
Foto colorida do momento de pouso do robô Perseverance ao planeta Marte.
NASA/JPL-Caltech
Imagem feita pelo robô Perseverance na superfície de Marte, divulgada nesta segunda (22).
Nasa
Momento em que o robô Perseverance toca o solo de Marte, no dia 18 de fevereiro.
Nasa
“Tenho certeza que vamos estudar esse vídeo por muitos, muitos anos, em busca dos detalhes”, disse um dos cientistas que coordenou a missão, Al Chen.
A chegada do robô ocorreu na cratera de Jezero, região do planeta que já foi um lago há bilhões de anos. Este é considerada o local de pouso mais perigoso já tentado em uma missão interplanetária.
Horizonte e solo de Marte em vídeo feito pelo robô Perseverance e divulgado nesta segunda (22).
Nasa
Primeiras imagens e pouso
O Perseverance pousou em Marte na quinta-feira (18), sete meses depois de a missão ter partido da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, na Flórida, em 30 de julho de 2020.
O robô enviou as primeiras imagens coloridas e em alta definição de Marte na sexta-feira (19), um dia após pousar no planeta. Com 19 câmeras acopladas, o robô tem o maior número de câmeras em um único veículo já enviadas a uma missão espacial.
Perseverance envia primeira imagem colorida de Marte um dia após pouso difícil.
NASA/JPL-Caltech
Em uma das fotos, é possível ver o céu visto de Marte. Outra imagem colorida mostra uma das seis rodas do robô sob o solo arenoso do planeta vermelho.
A Nasa também publicou nesta tarde uma foto colorida do momento da chegada de Perseverance à cratera de Jezero.
O robô passará os próximos dois anos explorando a cratera de Jezero em busca de vestígios de vida que tenha existido no passado marciano.
Para a exploração, o veículo carrega instrumentos para coletar amostras, observar a geologia e transformar dióxido de carbono em oxigênio para viabilizar uma missão com humanos no planeta. Essa conversão será um dos passos essenciais para a Nasa conseguir levar astronautas em uma missão tripulada no futuro.
Veja o pouso do Robô Perseverance em Marte
Acoplado ao Perseverance também está o Ingenuity, um helicóptero de 1,8 kg com hélices que giram cerca de 8 vezes mais rápido do que um helicóptero comum.
O robô explorador é o mais sofisticado já enviado ao espaço.
Robô americano ‘Perseverança’ pousa no planeta Marte
Missões para Marte: por que 3 países chegarão ao planeta vermelho quase ao mesmo tempo
O primeiro foi o Sojourner, em 1997, seguido por Spirit e Opportunity, que desembarcaram no planeta em 2004. O último foi o Curiosity, que está no planeta desde 2012. Todos eles tiveram os nomes escolhidos em concursos nacionais.
Escolhido por um estudante do sétimo ano do estado da Virgínia, o nome Perseverance foi anunciado em março do ano passado. Alexander Mather teve a sugestão escolhida entre 28 mil inscrições feitas por alunos do ensino fundamental e médio dos Estados Unidos.
O Perseverance, o novo robô que a Nasa enviou a Marte
Nasa
Entenda a Mars 2020
Os cientistas acreditam que havia em Marte, entre 3 e 4 bilhões de anos atrás, um lago onde hoje está a cratera de Jezero. O local tem sedimentos similares aos encontrados na Terra, que podem conter vestígios de organismos.
De acordo com a agência espacial americana, o Perseverance é um “cientista-robô” que pesa pouco mais de 1 tonelada. Ele conta com uma série de instrumentos: câmeras de engenharia, equipamentos nos braços, uma broca, uma estação meteorológica, instrumento de laser e câmeras para fazer panoramas coloridos, entre outros.
O veículo espacial da Nasa é o terceiro a chegar a Marte em uma semana, depois das missões da China e dos Emirados Árabes Unidos.
Especialista explica processo de pouso do robô da Nasa em Marte
VÍDEOS: mais notícias sobre ciência

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.