a
Todos os direitos reservados 2022
Cardoso & Advogados Associados
.
CNPJ 24.723.912/0001-50

9:00 - 18:00

Abrimos de Segunda - Sexta.

(21) 3189-6625

Aguardamos pelo seu contato

Search
Menu

QuintoAndar atrai gigante chinês Tencent em novo aporte de US$ 120 mi

Cardoso Advogados Associados > Covid  > QuintoAndar atrai gigante chinês Tencent em novo aporte de US$ 120 mi

QuintoAndar atrai gigante chinês Tencent em novo aporte de US$ 120 mi

O mercado imobiliário nas grandes cidades brasileiras vive um momento de efervescência que se reflete não só nos lançamentos e nas vendas que são recordes como também nos investimentos que atrai — inclusive dos maiores grupos de tecnologia do mundo. Uma nova prova se deu nesta quarta-feira, 18, com o anúncio do QuintoAndar de que levantou mais 120 milhões de dólares (cerca de 640 milhões de reais no câmbio do dia).

Com o novo aporte, o valuation do QuintoAndar — maior plataforma de aluguel, compra e venda de imóveis do país — salta de 4 bilhões de dólares para 5,1 bilhões de dólares (27,3 bilhões de reais). Fica atrás apenas do Nubank (30 bilhões de dólares) e da colombiana Rappi (5,25 bilhões de dólares) como as startups mais valiosas da América Latina.

O novo aporte é co-liderado pela Tencent, gigante chinês de tecnologia que é dona do superapp WeChat e que foi investidora da Beike Zhaofang, uma proptech — como são chamadas as startups do setor — chinesa que abriu o capital na Bolsa de Nova York há um ano. A Beike Zhaofang opera uma plataforma de compra e venda de imóveis.

A outra nova investidora é a americana Greenoaks Capital, que já investiu em unicórnios como Deliveroo, Coupang e Kavak.

  • Construa renda com fundos imobiliários. Aprenda com o professor Arthur Vieira de Moraes

O aporte é uma extensão da rodada Series E anunciada em maio, quando o aporte foi de 300 milhões de dólares. A rodada foi então liderada pela Ribbit Capital, uma das principais empresas de venture capital com foco no setor financeiro.

“Estamos crescendo rapidamente e essa extensão nos permite acelerar ainda mais e levar nossa experiência inovadora para mais e mais pessoas que querem morar melhor e precisam de ajuda para encontrar suas novas casas”, disse Gabriel Braga, co-fundador e CEO do QuintoAndar.

“Estamos animados em ter a Greenoaks e a Tencent como acionistas e contamos com o apoio deles para construir uma companhia global e duradoura, assim como para ter mais exposição ao ecossistema empreendedor único da China”, completou Braga. O outro co-fundador do QuintoAndar é Andre Penha, que é o executivo-chefe de Tecnologia (CTO).

Por ocasião da rodada em maio, Braga disse que os novos recursos seriam utilizados em três frentes de negócios: ampliar a operação já consolidada de aluguel de imóveis, que é a principal da startup, acelerar o crescimento em compra e venda, que foi lançada há pouco mais de um ano, e bancar o desenvolvimento de uma expansão internacional, que começará pelo México.

Outra prioridade revelada por Braga à EXAME Invest na ocasião é ampliar o acesso da população ao mercado de compra e venda por meio da combinação de serviços imobiliários com financeiros, com uso maciço de tecnologia.

“Acreditamos que criando novos meios de pagamento será possível destravar o mercado”, disse o CEO do QuintoAndar sobre o que está no plano de desenvolvimento.

Esse foco estratégico do QuintoAndar foi destacado pela empresa de venture capital com sede em São Francisco: “Vemos que o QuintoAndar tem o potencial para transformar o mercado imobiliário em toda a América Latina, criando o melhor marketplace da região para quem quer encontrar imóveis e oferecendo um portfólio completo de serviços financeiros que tornem essas casas acessíveis”, afirmou Neil Shah, sócio da Greenoaks.

Fundado em 2013 por Braga e Penha, QuintoAndar tem mais de 50 bilhões de reais em ativos sob gestão no mercado de aluguel, em mais de 120.000 contratos ativos. Tem fechado mais de 10.000 novos contratos mensalmente.

No mercado de compra e venda de usados, o volume anualizado pelos dados mais recentes supera a marca de 10.000 imóveis negociados, com um ritmo de expansão que vai de 50% a 100% a cada trimestre.