a
Todos os direitos reservados 2022
Cardoso & Advogados Associados
.
CNPJ 24.723.912/0001-50

9:00 - 18:00

Abrimos de Segunda - Sexta.

(21) 3189-6625

Aguardamos pelo seu contato

Search
Menu

TikTok vai limitar vídeos com adolescentes e ocultar mensagens diretas

Cardoso Advogados Associados > Covid  > TikTok vai limitar vídeos com adolescentes e ocultar mensagens diretas

TikTok vai limitar vídeos com adolescentes e ocultar mensagens diretas

As dificuldades com moderação de conteúdo por qual passaram redes sociais mais velhas como Facebook, Twitter e Instagram parece ter ensinado uma lição para o TikTok, que tem implementado mensalmente uma série de atualizações que visam proteger as crianças e adolescentes que formam a maior parte da sua base de usuários.

Na mais recente, a empresa está testando limitar a visibilidade dos vídeos que sejam produzidos por usuários com idades entre 13 a 15 anos. Por padrão, terão que decidir quem poderá ver um vídeo na primeira vez que postam, e também poderão restringir a visibilidade de qualquer outro conteúdo. Além disso, não terão acesso ao recurso que permite fazer um dueto com outro usuário.

  • O mundo segue mudando. Siga em evolução com a EXAME Academy

Os adolescentes mais velhos também verão restrições. O TikTok desativará as mensagens diretas por padrão para jovens de 16 e 17 anos que ingressarem no serviço pela primeira vez e solicitará que os já cadastrados revisem suas configurações, caso não tenham enviado mensagens anteriormente. A empresa também pedirá que chequem se querem que outras pessoas façam o download de seus vídeos.

A gigante também tentará promover hábitos de uso saudáveis. As notificações serão desativadas para adolescentes com menos de 16 anos a partir das 21h, enquanto os de 16 e 17 anos receberão alertas até as 22h. O recurso será ajustado pela hora do país, evitando que, ao mudar a hora nas configurações do próprio celular, se torne possível burlar o aplicativo.

O TikTok enfatizou que delimitou limites nos esforços para garantir privacidade e segurança, e que haveria mais por vir nos próximos meses. Em julho, a empresa de propriedade da ByteDance começou a remover automaticamente alguns tipos de conteúdo que violam a política de segurança para menores, como nudez adulta e atividades sexuais, conteúdo violento e explícito e atividades ilegais e bens regulamentados.

Assine a EXAME e acesse as notícias mais importantes em tempo real.