a
Todos os direitos reservados 2022
Cardoso & Advogados Associados
.
CNPJ 24.723.912/0001-50

9:00 - 18:00

Abrimos de Segunda - Sexta.

(21) 3189-6625

Aguardamos pelo seu contato

Search
Menu

Vivara reverte prejuízo e tem lucro de R$ 81,7 milhões no 2º trimestre

Cardoso Advogados Associados > Covid  > Vivara reverte prejuízo e tem lucro de R$ 81,7 milhões no 2º trimestre

Vivara reverte prejuízo e tem lucro de R$ 81,7 milhões no 2º trimestre

A Vivara registrou lucro de R$ 81,7 milhões no segundo trimestre, revertendo o prejuízo de R$ 1,6 milhão registrado no mesmo período do ano anterior. O resultado ainda é o dobro do lucro líquido apresentado no mesmo período de 2019.

 Aproveite a nova temporada de balanços para investir! Baixe o e-book gratuito “Indicadores de valor: como ler o balanço de uma empresa”

No trimestre, a receita líquida atingiu 361 milhões de reais, evolução de 163% emr relação ao mesmo período de 2020 e de 19,3% em relação ao mesmo período de 2019.

Em relação à geração de receita bruta, a empresa afirmou que o desempenho dos meses de maio e junho foram bastante acelerados, com evolução de 19,4% e de 38,1%, respectivamente, em relação ao segundo trimestre de 2019. Os resultados foram impulsionados pelas datas comerciais de dia das mães e dia dos namorados, além de investimentos em marketing.

As joias foram responsáveis por 57,3% da geração de receita, enquanto a coleção life ficou com 28,6%, a de relógios, 11,5% e a de acessórios, 2,5%.

O resultado foi impulsionado por forte aceleração nas vendas em mesmas lojas, com aumento de 160,4% em relação ao mesmo período do ano passado.

No período, as vendas digitais também foram responsáveis por 17,3% da receita total do trimestre, um crescimento de 254,3% em relação ao mesmo período de 2019. Em 2020, as plataformas digitais tiveram maior participação nas vendas da empresa, refletindo as medidas de isolamento social e fechamento das lojas.

No ambiente dgital, as joias foram responsáveis por 49,9% e a coleção life, por 32,9%.

O Ebitda ajustado da empresa totalizou R$ 88,6 milhões, revertendo resultado negativo registrado em 2020. A margem ebitda foi de 24,5%, o que representa evolução de 4,5 pontos percentuais em relação ao segundo trimestre de 2019.

Entre janeiro e junho, o nível de alavancagem da empresa ficou positivo em 1,3 vez. No mesmo período de 2020, o indicador ficou em 1,4 vez.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.