a
Todos os direitos reservados 2022
Cardoso & Advogados Associados
.
CNPJ 24.723.912/0001-50

9:00 - 18:00

Abrimos de Segunda - Sexta.

(21) 3189-6625

Aguardamos pelo seu contato

Search
Menu

Anvisa regulamenta importação de vacina por Estados e municípios

Cardoso Advogados Associados > Blog Cadv  > Artigos Jurídicos  > Legislação  > Anvisa regulamenta importação de vacina por Estados e municípios

Anvisa regulamenta importação de vacina por Estados e municípios

[ad_1]


A agência liberou a importação temporária de medicamentos e vacinas contra a covid-19 que ainda não tenham registro ou autorização de uso emergencial no país A diretoria colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta quarta-feira (10) a importação temporária de medicamentos e vacinas contra a covid-19 que ainda não tenham registro ou autorização de uso emergencial no país. Com isso, o órgão dá o seu aval para a compra de vacinas por governadores e prefeitos.

A Anvisa também aprovou a alteração da resolução interna que disciplina a aquisição de imunizantes. Será ampliado o número de agências internacionais cujo aval pode ser aproveitado para uso no Brasil.

Além das agências dos Estados Unidos, da União Europeia, do Japão, da China, do Reino Unido, do Canadá, da Coreia do Sul, da Rússia e da Argentina, o parecer do relator inclui as agências da Austrália e da Índia e demais autoridades sanitárias estrangeiras reconhecidas e certificadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Butantan
A diretoria colegiada da agência também aprovou, hoje, a prorrogação do prazo concedido para o Instituto Butantan encaminhar dados detalhados sobre a imunogenecidade da Coronavac. A nova data para entrega ficou definida em 30 de abril.
A Coronavac foi desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac e que, no Brasil, é produzida em parceria com o Butantan.
A entrega desses estudos ficou pendente quando a Anvisa aprovou, em janeiro, o uso emergencial do imunizante. O Butantan se comprometeu a encaminhar os dados, mas ainda não conseguiu fazê-lo e pediu prorrogação.

[ad_2]

Source link

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.