a
Todos os direitos reservados 2022
Cardoso & Advogados Associados
.
CNPJ 24.723.912/0001-50

9:00 - 18:00

Abrimos de Segunda - Sexta.

(21) 3189-6625

Aguardamos pelo seu contato

Search
Menu

EUA: Biden detém liderança na Geórgia após recontagem manual

Cardoso Advogados Associados > Blog Cadv  > Artigos Jurídicos  > Legislação  > EUA: Biden detém liderança na Geórgia após recontagem manual

EUA: Biden detém liderança na Geórgia após recontagem manual

[ad_1]


O presidente eleito dos EUA, Joe Biden, permaneceu à frente na Geórgia após uma recontagem manual dos 5 milhões de votos presidenciais do Estado, disse o secretário de Estado nesta quinta-feira.

Com a auditoria manual concluída, Biden está um passo mais perto de vencer oficialmente a Geórgia. O secretário de Estado da Geórgia, Brad Raffensperger, ainda precisa certificar os resultados, o que ele deve fazer até sexta-feira.

A Associated Press não cravou a vitória porque disse que a margem apertada significa que ela pode estar sujeita a uma recontagem pós-certificação de acordo com a lei estadual da Geórgia.

De acordo com a lei da Geórgia, depois que uma eleição é certificada, um candidato pode solicitar uma recontagem se a margem de vitória for inferior a 0,5%. Uma recontagem na Geórgia deve ser solicitada dentro de dois dias úteis após a certificação.

O presidente Trump e seus apoiadores brigaram publicamente com Raffensperger, um colega republicano, sobre a gestão da eleição. A campanha de Trump alegou irregularidades significativas.

Raffensperger defendeu a eleição do Estado como segura e transparente. “Não vimos nenhuma fraude eleitoral generalizada”, disse ele na quarta-feira.

Se uma campanha solicitar uma recontagem após a certificação, não seria manual, mas seria uma nova varredura das cédulas por meio de máquinas, de acordo com as regras estaduais.

Os condados teriam que pagar por uma recontagem, mas o Estado está procurando maneiras de ajudar a cobrir os custos, disse a repórteres Gabriel Sterling, gerente de implementação do sistema de votação no gabinete do secretário de Estado.

Antes da auditoria, Biden estava à frente por pouco mais de 14 mil votos na Geórgia. A revisão manual levou a algumas mudanças nos resultados, já que alguns condados corrigiram o que as autoridades disseram ser erros humanos. Mas essas mudanças não foram grandes o suficiente para reverter a liderança de Biden no Estado.

Funcionários de quatro condados encontraram lotes de votos anteriormente não contados, que serão refletidos na contagem oficial, disse Sterling anteriormente.

Em todo o país, nenhuma recontagem semelhante entre 2000 e 2019 reverteu uma liderança tão grande quanto Biden atualmente detém na Geórgia, de acordo com um estudo da FairVote, um grupo de reforma eleitoral. Historicamente, as recontagens mudaram as margens em uma média de 430 votos, disse a FairVote.

[ad_2]

Source link

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.