a
Todos os direitos reservados 2022
Cardoso & Advogados Associados
.
CNPJ 24.723.912/0001-50

9:00 - 18:00

Abrimos de Segunda - Sexta.

(21) 3189-6625

Aguardamos pelo seu contato

Search
Menu

A importância da administração dentro da advocacia

Cardoso & Advogados Associados > Blog Cadv  > Artigos Jurídicos  > A importância da administração dentro da advocacia

A importância da administração dentro da advocacia

Inscreva-se no canal do youtube: https://www.youtube.com/cardosoadv?sub_confirmation=1

Caro leitor (a), recentemente atualizamos aqui no escritório, o software jurídico para gestão de nossas atividades, e com esta nova implementação, durante a configuração do sistema, pude perceber o quanto assuntos relacionados a administração estão ligados à nossa atividade jurídica.

Por isto, resolvi abordar o tema "a importância da administração na advocacia".

É bem verdade, que ao longo de nossa faculdade, pouco ou quase nada vemos sobre administração, tema este que deveria ao menos ser abordado por no mínimo um semestre inteiro.

Isto remete a uma grade curricular que muitas vezes não prepara o profissional para se tornar um advogado, e sim um bacharel em ciências jurídicas.

Outro equívoco que por um pensamento engessado não nos fazem querer acreditar é que a advocacia é como qualquer outro é um negócio, e não importa o que venham dizer ao contrário e sobre as especificidades da atuação do advogado em relação ao seu código de ética, um escritório assim como qualquer outro prestador de serviços, possui CNPJ, compromissos com o imposto de renda, setor de RH, contas a pagar e a receber e a necessidade muitas vezes prejudicada de se fazer publicidade para atingir novos clientes e continuar mantendo o negócio ou até mesmo fazendo ele crescer.

Diante deste pensamento, analisando os inúmeros dados que o software jurídico que implementamos nos solicitou, não tirei da cabeça toda aquelas informações tão inerentes a administração que neste momento passa a ser crucial que não nos ensinam durante a faculdade.

Com isto, de forma completamente autodidata, os advogados que não começam a gerir seu negócio com o mínimo de noção da boa administração, pode ter sua atividade fadada ao fracasso.

Com a devida licença para ir além, ter uma boa administração não é importante apenas para quem deseja gerir seu próprio escritório embora para para este seja fundamental.

A administração está diretamente correlacionada a outras carreiras dentro do universo jurídico, pois a gestão de prazos e pessoas é tão importante quanto saber seu fluxo de caixa.

Pois bem, ter uma boa administração do negócio, irá lhe proporcionar um controle maior sobre sua retirada de lucros, sobre o reinvestimento destes valores na empresa, possibilitando seu crescimento e sobrevivência em momentos de crise.

Outro ponto que ajuda bastante dentro de uma administração bem realizada, é o controle de clientes em potencial, administrar aquela pessoa que liga e acaba não fechando negócio é fundamental para você aprender e melhorar sua captação de clientes, tendo exatamente a noção de onde ele veio e qual tipo de "publicidade" funciona.

Gerir processos é uma questão fundamental, e dentro de um controle bem estruturado de atividades, você dificilmente perderá prazos ou deixará que aquele processo antigo fique sem movimentação por muito tempo.

Todas estas possibilidades são fantásticas, e graças a evolução da tecnologia, sistemas jurídicos podem facilitar muito o dia a dia do advogado criando rotinas administrativas que farão com que seu cliente não seja esquecido e que você não se esqueça de tudo que deve fazer no dia a dia da sua gestão.

Claro que não precisamos que você advogado se torne um exímio administrador, afinal existe uma brilhante graduação para se tornar um profissional nesta área, mas assim como gerir suas despesas pessoas e o quanto você precisa para juntar para conseguir a tão sonhada compra do carro novo, ter um controle administrativo coerente dentro do seu escritório de advocacia será fator determinante para cada vez mais diferenciar quem ficará e quem sairá do mercado.

No Comments

Leave a Comment